Homem tira a própria camisa e embrulha cachorrinho de rua que estava com frio no Metrô de São Paulo

Por Geovane Souza

Milhares de pessoas perderam seus empregos devido à pandemia e não podem mais cuidar de seus animais de estimação. Infelizmente, a grande maioria não pensou em levá-los para abrigos e logo os mandou para as ruas, onde passam fome e frio intenso.

Publicidade

No ano passado, um vídeo de uma bela performance viralizou nas redes sociais, tocando o coração de milhares de internautas. Quando um jovem vê um cachorro abandonado no metrô de São Paulo passando frio na noite mais fria do ano, a primeira coisa que lhe vem à mente é tirar a camisa para aquecê-lo.

O simpático rapaz, promotor de vendas Felipe Paulino, 33 anos, estava acompanhado do irmão e amigos quando encontrou o coitado caído no chão. A cena foi gravada por seu irmão, que não acreditou nas ações de Felipe, mas mesmo assim ficou emocionado com o gesto.

Publicidade - OTZAds
PARA VOCÊ:
Cachorro se recusa a abrir mão do caixão de seu falecido dono a caminho do cemitério

“Somos do Guarujá e vamos para a Rua 25 de Março. Eu o vi de longe, tremendo, era um dia de muito frio na cidade”, disse ao ser questionado sobre o dia. “Eu me abaixei e o acariciei, mas não havia pano na minha mochila. Então meu primeiro instinto foi tirar minha camisa e dar a ele.”

Apesar de ter sido uma atitude rápida que durou apenas alguns minutos para Felipe trocar de roupa na fila da bilheteria, temos certeza que mudou o dia do filhote. No vídeo, você pode ver o filhote se afastando alegremente, abanando o rabo para mostrar suas roupas novas.

PARA VOCÊ:
Homem sai de sua festa de aniversário e pula em rio para salvar Cãozinho em perigo

Esse é um exemplo que várias outras pessoas deveriam seguir

Lançada em vários canais digitais, a gravação do momento emocionante ultrapassou 160 mil visualizações na fonte original, para total surpresa de Felipe.

“Não fiz nada, queria ajudar, não conseguia imaginar tanta gente. Procurei na volta das compras e não encontrei”, disse. “E estou tão longe de casa que não tenho nada para fazer. Mas quero vê-lo novamente agora e ajudá-lo a encontrar uma casa.”

Publicidade

Esse é um exemplo que várias outras pessoas deveriam seguir, na verdade deveria ser o papel de todos os seres humanos. Mesmo aqueles que poderem doar pouco, seja, comida ou até mesmo um pouco de carinho, assim poderemos um dia conseguir tornar essa sociedade melhor.

PARA VOCÊ:
Cãozinho abandonado deitado no mato com corpo imóvel e frio parecia já estar morto

Por favor, apoie nosso blog, Compartilhe! E você já estará fazendo muito por nós 🙂 Para compartilhar basta usar os botões do WhatsApp e Facebook. Obrigado 😀

Publicidade

Acredite se Quiser.. Esse é o carro da Sandra Annenberg… Saiba Mais!

Artigos relacionados