Mulher Salva Cãozinho deixado para morrer em Sótão de casa abandonada

Por Ana Paula

Um dia normal de trabalho de uma jovem se transformou na oportunidade de salvar a vida de um cãozinho largado dentro de uma casa que sofreu o peso do abandono.

Publicidade

No início de outubro, Jami Lassell recebeu uma ligação de sua cunhada, ela estava desesperada. Pois havia encontrado que um cãozinho, em uma situação de cortar o coração, escondido no sótão de uma casa onde fazia o trabalho de limpeza.

Graças a elas o cãozinho finalmente pode ver a luz do sol.

A casa localizada no condado de Carbon, Pensilvânia, foi cenário de uma ação horrível e totalmente imperdoável. Os donos da imóvel mantinham um cãozinho indefeso abandonado no sótão sem lhe oferecer os cuidados mínimos que um animal de estimação precisa.

A situação abalou tanto a jovem trabalhadora que, desesperada, ela resolveu ligar para a cunhada, Jami Lassell.

Publicidade - OTZAds

O cômodo estava cheia de cocô e em suas paredes dava para notar as tentativas de fuga do cãozinho. Uma situação triste que Jami nunca pensou que aconteceria com ela, mas a única coisa que lhe preocupava era, como salvar aquele cãozinho?

“Eu disse: ‘Estarei aí em 10 minutos e venho buscá-la’. E ela respondeu: ‘Preciso lhe dizer que ele está só pele e osso.’ Não sei quando foi a última vez que deram a ela algo para comer ”, disse Lassell.

PARA VOCÊ:
Cadela esperou por sua dona por 80 dias em estrada onde ela faleceu

Não é possível saber a quanto tempo o cãozinho vivia naquela situação horrível. Seu corpo estava muito fraco e ela também vivia em um cômodo com mau cheiro, onde não havia nada para comer. Mas ainda assim, se tratava de um cãozinho amável.

Após o resgate Lassell viu que se tratava de uma fêmea, que foi batizada de Remi, ela era amorosa e grata, com uma atitude que no mesmo instante impressionou a mulher.

“É a cadela mais carinhosa que já conheci. Assim que ela me viu, começou a abanar o rabo, só queria amor “, afirmou Lassell.

Em todos os resgates de animais em situação como essa, o primeiro plano é encontrar pessoas dispostas a cuidar, no caso, do cãozinho. Mas em uma semana Jami já estava mudando de ideia. Ela se apegou tanto a Remi que estava disposta a adotá-la e cuidar dela para garantir que não sofreria outro abandono. E então decidiu ficar com ela.

Jami fará todo o processo de reabilitação para se tornar sua mãe oficial pelo resto de seus dias. Depois de entender sobre a dor que teve de suportar, ela não permitiria que a pequena bola de pelo corresse o risco de ficar sozinha, ainda mais depois de analisar e ver que provavelmente Remi precisará de cirurgia.

Publicidade

Após o resgate, ela recebeu vários banhos químicos para conter o problema da pulga e também recebeu a atenção de um veterinário. Ele examinou e viu que uma de suas pernas estava quebrada e se ela não se curasse seria necessário corrigir com cirurgia. Essa notícia chocou ainda mais Lassell, como Remi continuava tão dócil depois de tanto sofrimento.

PARA VOCÊ:
Médico indiano permanece na guerra para proteger sua onça de estimação

Mesmo tendo sofrido, esta cadela não para de dar amor a todo humano que passa por perto. E seu coração transborda ainda mais quando se trata de crianças.

“Ela é um ser muito amoroso. Cada vez que ele vê alguém, seu rabo balança e suas orelhas se levantam. É ainda melhor com crianças do que com outros animais. Temos quatro filhos em casa e ela deixa que eles a puxem, acariciem. O que quer que uma criança faça, ela vai deixá-los brincar. ”

Além de ingressar em uma família com crianças, a cadela também conheceu outro cãozinho que se tornou seu melhor amigo, Pittie, outro animal de estimação da família, de apenas 9 meses.

“Eles se dão muito bem. Eles são melhores amigos e fazem tudo juntos. A gente anda sempre, eles dormem juntos à noite e dormem na cama comigo ”, disse a feliz “mamãe dos peludos.

PARA VOCÊ:
Cãozinho distribui Abraços para todos os cachorros que encontra na rua

Com essa dupla a casa é agitada o tempo todo. Mas para Lassell, com Remi ele agora pode sentir que a família está completa:

“Temos dois gatos e dois cachorros, e ela acabou de completar tudo. Ela é meu bebezinho”, afirmou.

Publicidade

Embora a cadela ainda tenha um longo caminho a pela frente antes de estar totalmente curada, ela está em boas mãos. A família começou uma campanha de arrecadação de fundos para garantir suas despesas médicas e a provável operação em sua patinha.

LEIA TAMBÉM:

Por favor, Compartilhe isso com seus amigos! Se você também amou essa história. Se deseja compartilhar com seus amigos no Facebook e WhatsApp, basta você clicar nos botões abaixo! Obrigado 😀

Artigos relacionados